Tecnologia inovadora da Thales reforça pesquisa arqueológica no Brasil

Solução ‘Babel’ é fundamental para compreender os achados do Projeto Cidade de Pedra, no Mato Grosso

logo - Cidade de Pedra - JPEG A Thales, líder mundial em alta tecnologia com inúmeras aplicações em ambos os setores militar e civil, vai fornecer sua inovadora solução de visualização e interação Babel para contribuir com a melhor compreensão da complexidade do espaço da Cidade de Pedra, um amplo sítio arqueológico no Mato Grosso.

O Projeto Cidade de Pedra foi idealizado, elaborado e financiado pela Thales Université, centro global de ensino e treinamento da Thales. Trata-se de uma parceria com o Museu Nacional de História Natural de Paris (MNHN) e a Universidade de São Paulo (USP).

O Babel será apresentado para convidados em sessão nesta 5ª feira, 22 de agosto, às 19h, no Salão Nobre da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), com apoio do Consulado-Geral da França, da FIESP e da Omnisys. Já o Projeto Cidade de Pedra será demonstrado pelo professor Denis Vialou, especialista mundial em arte pré-histórica, do MNHN. A sessão será concluída com uma rodada de perguntas.

O Babel é uma solução inteligente de altíssima tecnologia desenvolvida no Thales Research and Technology (TRT), centro internacional de pesquisa localizado dentro do campus da École Polytechnique (uma das mais renomadas da França), que abriga centenas de cientistas e pesquisadores de todo o mundo, incluindo o Dr. Albert Fert, diretor do TRT e vencedor do Prêmio Nobel de Física de 2007.

“Inovação faz parte do DNA da Thales. Fornecer nossa tecnologia para apoiar projetos como a Cidade de Pedra é motivo de orgulho para nós, que investimos 20% da nossa receita anual de 14 bilhões de euros em pesquisa e desenvolvimento. A Thales tem 25 mil engenheiros que atuam exclusivamente com P&D, temos parceria com 30 universidades em todo mundo, apoiamos 220 PhD, temos um portfólio de 13 mil patentes registradas e 1 Prêmio Nobel. Apoiar a pesquisa no Mato Grosso reforça o nosso compromisso com o talento, a história e a cultura do Brasil, onde atuamos há mais de 40 anos”, destaca Julien Rousselet, Diretor Geral da Thales no Brasil.

O Brasil é sede das operações da Thales na América Latina, onde está comprometida em consolidar parcerias locais a fim de intercambiar competências e transferir tecnologia. Por meio de sua subsidiária brasileira Omnisys, cuja planta industrial em São Bernardo do Campo (SP) emprega cerca de 250 brasileiros, a Thales é líder absoluta no segmento de radares de controle de tráfego aéreo com forte atuação nos setores de defesa, aeroespecial e transportes.

Cidade de Pedra
A Cidade de Pedra é um sítio arqueológico localizado em Rondonópolis, Mato Grosso, onde escavações e estudos de arte rupestre revelaram milhares de dados que vão desde paisagens de macroescala até pequenos objetos, lareiras em fundamentos pré-históricos e desenhos pequenos em abrigos pré-históricos. Os milhares de dados adquiridos durante os 30 anos de pesquisa multidisciplinar franco-brasileira sobre a Cidade de Pedra, em todos os seus aspectos, estão agora sujeitos ao "esclarecedor" visual e análise de processamento de dados dessa solução inovadora.

Sobre a Thales
A Thales é líder mundial em tecnologia nos mercados de Defesa, Segurança, Aeroespacial, Espacial e de Transportes. Em 2012, a empresa gerou uma receita de 14,2 bilhões de euros, com 67 mil colaboradores em 56 países. Com seus 22.500 engenheiros e pesquisadores, a Thales tem a aptidão única de projetar, desenvolver e implantar equipamentos, sistemas e serviços adaptados aos mais complexos requisitos de segurança. A Thales tem um alcance internacional excepcional, com operações em todo o mundo, trabalhando diretamente com clientes como parceiros locais. www.thalesgroup.com

Mais informações à imprensa

CDN Comunicação Corporativa
Patricia Pesce – patricia.pesce@cdn.com.br
Rodrigo Garuti – rodrigo.garuti@cdn.com.br
Tel: 11 3643 2753 / 3643 2737

Projeto Cidade de Pedra - JPEG

publicado em 31/03/2014

início da página