Visita oficial ao Brasil de Michel Sapin, Ministro francês da Economia e das Finanças [fr]

O Ministro francês da Economia e das Finanças da França, Michel Sapin, realizou uma viagem de dois dias ao Brasil, de 31 de março a 1 de abril de 2017, para cumprir agenda oficial de trabalho em Brasilia, São Paulo e Minas Gerais. Trata-se da primeira visita de um Ministro da Economia e Finanças ao país desde 2006.

Durante o programa, o Ministro realizou encontros de alto nível em Brasília com Henrique Meirelles, Ministro da Fazenda; Marcos Pereira, Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; Fernando Coelho Filho, Ministro de Minas e Energia; Dyogo de Oliveira, Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão ; e Gilberto Kassab, Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Essa agenda densa na Esplanada dos Ministérios reflete a importância dos laços econômicos, comerciais e financieiros entre os dois países. Michel Sapin discutiu com seus homológos os meios para reforçar a cooperação França-Brasil em prol do aperfeiçoamento da governança econômica mundial, bem como a intensificação dos intercâmbios econômicos bilateriais.

Com o Ministro Dyogo de Oliveira, do Planejamento, Michel Sapin assinou um acordo bilateral para a promoção dos investimentos e o fortalecimento da cooperação em infraestrutura.

Em São Paulo e Minas Gerais, o Ministro francês se encontrou com empresários franceses, brasileiros e franco-brasileiros, especialmente dos setores aeronáutico (visita à fábrica da Helibras), da saúde, das novas tecnologias (encontro com start-ups do French Tech Hub da capital paulista) e da economia social e solidária (visita ao projeto Arca do Saber).

A França é o 5° maior investidor estrangeiro no Brasil. O nível dos intercâmbios comerciais em 2016 entre a França e o Brasil foi de EUR 7,7bi.

Michel Sapin ocupou vários altos cargos eletivos e governamentais na França. Desde 2012, ele integra o governo francês sucessivamente como:
- ministro do Trabalho, Emprego, Formação profissional e Diálogo social até março de 2014;
- ministro das Finanças e Contas Públicas, de abril de 2014 a agosto de 2016;
- ministro da Economia e das Finanças, desde 30 de agosto de 2016.

Acesse aqui no nosso Storify, ou também clicando nas imagens abaixo, os principais artigos sobre a visita na mídia.

PNG

PNG

PNG

publicado em 07/04/2017

início da página